Logo One2030

VAMOS FALAR DO SEXO FRÁGIL?

Escrito por: EBVB

Dizem que as mulheres são o sexo frágil. Puro mito!

Elas suportam as dores dos partos naturais e das cesarianas, suportam os temidos exames de mama, carregam os bebês em seus ventres (às vezes gêmeos, trigêmeos, quadrigêmeos ou quíntuplos) por nove meses, trabalham fora de casa, trabalham muito mais em suas casas e ainda, quase nunca, reclamam de nada.

Bom, de nada seria exagero. Principalmente para o Dr. Zitron, para quem cerca de 20 mulheres por dia (muitas acompanhadas de seus maridos) reclamam sim…e bastante! Para todas elas, grávidas ou não, Dr. Zitron tem um único conselho: “A prevenção é o melhor caminho para se ter uma boa saúde e, no caso da mulher, é indispensável fazer um check up ginecológico ao menos uma vez por ano, principalmente após o início da atividade sexual”.

Dr. Luiz Roberto Zitron é médico ginecologista e obstetra, formado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo  (FMUSP), com título de especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (FEBRASGO) e pós- graduação em Ginecologia e Obstetrícia pelo Hospital Israelita Albert Einstein

De maneira geral, até mesmo as mulheres que ainda não iniciaram a vida sexual, é importante que tenham o acompanhamento de um ginecologista, não só para avaliar possíveis problemas como alterações da menstruação, cólicas, alterações nas mamas, TPM, mas também para aproveitar a oportunidade e receber orientações sobre o seu próprio corpo, mudanças que acontecem em cada fase da vida, prevenção de doenças sexualmente transmissíveis, gravidez não planejada e todas as outras dúvidas que puderem ter.

Para as mulheres que utilizam algum método contraceptivo (pílulas, DIU, etc), as que desejam engravidar ou até mesmo as que já estão na menopausa, o check up ginecológico é importante para realizar controle de medicações, pressão arterial e quaisquer outros sintomas que possam aparecer, evitando assim maiores complicações.

DOENÇAS GESTACIONAIS EM FOCO

Há mais de dez anos, Dr. Zitron ministra palestras e conferências sobre doença inflamatória intestinal em gestantes,  conhecidas como Doença de Crohn e Retocolite Ulcerativa, além do uso de medicações reumatológicas na gestação. Desta forma, ele vem  aprimorando as novas possibilidades de tratamento para esse grupo.

Doença Inflamatória Intestinal
A doença de Crohn e a Retocolite Ulcerativa são os tipos mais comuns de doença inflamatória intestinal (DII).

Doença Reumatológica
Algumas delas podem render uma gestação de alto risco, necessitando acompanhamento especializado.

FEBRASGO

Fundada em 1959, a Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (FEBRASGO) tem em seu DNA o objetivo de promover, apoiar e zelar pelo aperfeiçoamento técnico, científico e pelos aspectos éticos do exercício profissional de ginecologistas e obstetras, pautados pelo total respeito à saúde e bem-estar da mulher.

Recentemente, a Federação passou por um momento de entender os novos desafios e reagir a eles. Desta forma, foram criadas mudanças na gestão que visam tornar a comunicação mais eficiente e adquirir uma visão com mais atitude frente a um posicionamento mais científico e, ao mesmo tempo, humano.

Segundo o presidente da FEBRASGO, Dr. César Eduardo Fernandes, estas mudanças levarão a Federação à um novo nível de profissionalismo.

RAIO X

PROPÓSITO
Organizar e divulgar conhecimento em ginecologia e obstetrícia, para qualificar a atenção à saúde da mulher.

MISSÃO
Atuar no âmbito científico e profissional, congregando e representando os ginecologistas e obstetras brasileiros, promovendo educação e atualização através de informações confiáveis e diretrizes, valorizando a saúde da mulher.

VISÃO
Consolidar-se como referência científica e profissional no âmbito da saúde da mulher.

VALORES

  • Ética
  • Excelência
  • Credibilidade
  • Inovação
  • Transparência
  • Representatividade
  • Conhecimento
  • Respeito